Após derrota do irmão, prefeito de Pedras de Fogo tenta lançar sobrinho como candidato em 2020 e revolta aliados

21 fev 2019

Depois de trair o deputado estadual Branco Mendes e lançar o irmão como candidato a deputado estadual, o prefeito de Pedras de Fogo Dedé Romão amargou uma derrota fragorosa nas urnas e Waldinho Romão (PSB), conquistou apenas a quinta suplência na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba.

Agora, o gestor mostra que só quem tem vez é o povo lá da casa dele, e passou como um trator por cima de aliados para fazer valer a dinastia do poder dentro do seu clã Romão.

Informações dão conta que o gestor, não satisfeito e sem combinar com ninguém, prepara o seu sobrinho, atual secretário de Finanças da prefeitura, Lucas Romão, para sucessão municipal em 2020. A decisão autoritária, no entanto, acabou provocando diversas reações negativas não só na população, mas também na base aliada, que tem virado as costas para o gestor na Câmara Municipal. A primeira rasteira dos aliados foi eleger um nome que não era apoiado por Dedé para presidir o parlamento. O vereador Dinho emplacou o comando da Casa e desagradou o chefe do executivo.

Dedé, ao que parece,  segue sem entender os ‘recados’ sobre a falta de popularidade de seu sobrenome na política.

Para ele, basta ter o sobrenome Romão para se firmar como escolha do grupo.

Criticava e faz igual ou pior!

Vale lembrar que o prefeito Dedé era um dos críticos ferrenhos do então deputado federal Manoel Júnior (SD) por ter uma esposa vereadora na cidade e ao mesmo tempo um mandato parlamentar. Hoje o prefeito usa do mesmo expediente, ou até pior, porque não contente em inserir o irmão como candidato, agora apela para o sobrinho.

Segundo informações obtidas, um dos vereadores que está revoltado com a indicação de Lucas Romão para sucessão é Itamar. Ele, que tem forte liderança na cidade, aguardada a reciprocidade do prefeito.

A base grita com essa tentativa de perpetuar uma só família no poder. Resta saber se os Romão conseguirão continuar no poder. Até quando irá a Dinastia Romão?

 

 

Com Blog do Ninja