Cachorro mata gato que carregava celulares para presídio

19 out 2017

Um gato foi encontrado caminhando pela Penitenciária Padrão do município de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, com dois celulares presos ao corpo, nesta quinta-feira (19) . Um cachorro da penitenciária percebeu a movimentação e matou o gato.

Segundo informações do diretor da penitenciária, Tales de Almeida, o setor de inteligência e monitoramento informou que um gato poderia ser deixado nas proximidades do local portando celulares para os detentos.

Os agentes penitenciários souberam da informação, mas não conseguiram capturar o gato. Um dos dois cachorros adotados que ficam dentro do presídio acabou conseguindo matar o animal.

O diretor acrescentou que o gato foi abandonado nos arredores da penitenciária. Investigações apontam que ele teria sido levado para casa por uma visitante, após uma visita íntima . Ela teria utilizado esparadrapos para prender os celulares ao corpo do animal.

Devido a proximidade do presídio com a BR-230, vários animais entram e saem do local tranquilamente.

O Centro de Zoonoses foi acionado pela administração da penitenciária a fim de solucionar o problema. Ninguém foi preso

MaisPB