Bem vindo ao Alhandra em Foco, 24 de Agosto de 2017
Facebook do Alhandra em Foco Twitter do Alhandra Alhandra em Foco no Youtube Instagram do Alhandra em Foco Zap do Alhandra
29 jul 2017 às 6:44 am

Chuvas deixam sete desabrigados, derrubam cinco árvores e provocam dois deslizamentos de barreira na Capital

As chuvas que caem sobre a Capital paraibana deixaram sete pessoas desabrigadas, derrubaram cinco árvores e provocaram o deslizamento de duas barreiras. O balanço preliminar é da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, que registrou precipitações de 161 milímetros nas últimas 12 horas. O temporal corresponde a 71% do esperado para todo o mês de julho. “Foi um dilúvio”, comparou o diretor de operações do órgão, Genival Filho.

As quedas de árvores foram registradas no Centro, Mangabeira, Timbó, Jardim Cidade Universitária e Tambiá, os dois deslizamentos nos bairros de Miramar e Roger. Já as sete pessoas desabrigadas foi do bairro de São José. “Os desabrigados, que moram nas proximidades da foz do Rio Jaguaribe, tiveram as casas invadidas pelas águas e foram retirados”, disse Genival.

As chuvas que continuam a cair sobre a Capital paraibana foram consideradas atípicas pelo diretor da Defesa Civil e só explicadas por órgãos nacionais ou internacionais que estudam as mudanças climáticas. “Esse fenômeno vem se registrando em João Pessoa nos últimos três ou quatro anos”, esclarece.

A Defesa Civil registrou ainda vários pontos de alagamentos na Capital devido à intensidade das precipitações. “Muitos pontos ficariam livres de enchentes e o povo não colocasse lixo nos bueiros e em canais de escoamento”, lamenta Genival Filho.

Ainda de acordo com Genival Filho, equipes da Defesa Civil de João Pessoa continuam o monitorando as áreas consideradas de risco e de prontidão para socorrer as possíveis vitimas das chuvas.

 

ClickPB


Desenvolvido por Ricardo Alexandre