Deputados paraibanos Pedro Cunha Lima e Wilson Santiago votaram para soltar Daniel Silveira

20 fev 2021

Dos 12 deputados federais paraibanos, apenas Pedro Cunha Lima (PSDB) e Wilson Santiago (PTB) votaram para soltar o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Nove parlamentares federais da Paraíba entenderam que o bolsonarista deve continuar preso. Damião Feliciano (PDT) não participou da sessão. Ele está com Covid-19, internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Veja como foi a votação dos paraibanos:

Pedro Cunha Lima já havia dito que, apesar de ser contrário ao posicionamento de Silveira, não concordava com a prisão em flagrante. Segundo ele, ilegal. Wilson Santiago não se pronunciou antecipadamente. Santiago já foi salvo pelos colegas de parlamento quando o Supremo Tribunal Federal o afastou do mandato, em dezembro de 2019, por acusações de recebimento de propina, em obras no Sertão da Paraíba.

Daniel Silveira foi preso por determinação do STF após ter divulgado vídeo com apologia ao AI-5 e defesa da destituição de ministros, o que é inconstitucional. Foram 364 votos a favor da manutenção da prisão, 130 contra e 3 abstenções.