Energisa desativa ligação clandestina de circo em Mata Redonda que oferecia risco de acidentes e descarga elétrica na região

2 set 2020

A gerência de comunicação e Marketing da Energisa Paraíba informou que após identificar oscilação de energia na região de Mata Redonda, em Alhandra, inspecionou o local e constatou a ligação clandestina de um circo na rede de média tensão, oferecendo risco de acidentes como incêndio e descarga elétrica na região.

Por medida de segurança, nesta quarta-feira (02), após notificar o proprietário do circo, a empresa de energia realizou o desligamento dos fios ligados a um poste sem a menor segurança ou cuidados mínimos de isolamento. Fios de alta tensão também estavam espalhados pelo chão, podendo causar até mortes, principalmente nesse período chuvoso.

De acordo com Alexandre Melo, gerente de comunicação da Energisa, a empresa está à disposição dos responsáveis pelo circo para atendimento e realizar a ligação de forma regular e segura. Até o momento a Energisa não foi procurada pelos responsáveis.

Informa ainda que tal atitude pode resultar em processos por furto de energia.

“A ligação clandestina sobrecarrega a rede e pode causar curto circuito, descarga elétrica e interrupção do fornecimento em toda região, e inclusive acidentes fatais. Como pode-se ver nas imagens cabos estavam ligados na rede de média tensão de forma exposta no chão, onde qualquer pessoa poderia pisar, ou até mesmo com a chuva ocorrer uma descarga elétrica, causando incêndio no estabelecimento e provocar vitimas fatais”, informou Alexandre Melo.

A oposição ao prefeito Renato Mendes, em Alhandra, ainda tentou usar a situação de forma politiqueira, mandado dizer que a prefeitura tinha solicitado o desligamento da energia que nunca foi ligada, pois era clandestina. Fato negado pela Energisa.

O uso da energia de forma incorreta, mesmo que necessário, é errado. Por politicagem, a oposição diz que está certo.

Alhandra em Foco com Portal do Litoral