‘Maior São João do Mundo’, em CG, corre risco de ser cancelado com avanço do Coronavírus

14 mar 2020

A edição deste ano do Maior São João do Mundo, em Campina Grande, pode ter drásticas mudanças em sua programação ou até mesmo ser cancelada, caso o avanço do Coronavírus não seja controlado pelas autoridades de saúde no país. As possíveis mudanças decorrem das recomendações das autoridades nacionais para conter a transmissibilidade da doença no Brasil.

Nesta sexta-feira (13), durante entrevista coletiva, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, disse que a decisão de realizar ou não o evento cabe ao prefeito e as autoridades locais. Apesar da declaração, o ministro lembrou que a rotina do brasileiro deve ser alterada para tentar conter o avanço da doença no país.

Autoridades já anunciaram medidas de prevenção no país, como por exemplo, cancelamento de eventos e atividades abertas ao público, suspensão de aulas em universidades e escolas, e mudança no acesso da população a órgãos públicos.

Um exemplo disso é a remarcação do festival Lollapalooza – um dos maiores eventos de música no mundo em São Paulo, que estava agendado para os dias 4,5 e 6 de abril e agora deve acontecer no mês de dezembro. No ano passado, o festival reuniu quase 250 mil pessoas nos três dias do evento.

Eventos esportivos do país também sofreram alterações. Jogos de futebol, por exemplo, estão sendo adiados ou realizados sem a presença da torcida. Ainda nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde recomendou o cancelamento de cruzeiros marítimos no país.

A reportagem tentou contato com o prefeito de Campina Grande até o fechamento desta matéria, mas não obteve êxito.