Morre cachorro que foi jogado doente em balde de lixo, em João Pessoa

15 maio 2018

Morreu na tarde desta segunda-feira (14) o cãozinho que foi jogado em um balde de lixo no bairro de Mangabeira VII, em João Pessoa, nesta manhã. Ele foi encontrado por uma moradora da região e levado até uma clínica veterinária, mas não resistiu. A câmera de segurança flagrou quando o animal era abandonado.

A suspeita inicial era de que ele tinha sido agredido, mas depois de avaliação foi verificado que ele estava com uma forte infecção, desidratado e com miíase na boca. Seus possíveis donos foram até a clínica e informaram que o animal havia desaparecido há cerca de um ano.

De acordo com o médico veterinário Lindemarques Oliveira, o animal foi avaliado e apresentava diversas infecções. “O animal já chegou a mim com desidratação. Ele morreu por volta das 15h e não deu tempo de aplicar nenhum procedimento. As maiores infecções eram na boca. Ele tinha miíase e já tinha comprometido toda musculatura do maxilar. A mandíbula já exposta. O tecido já estava todo necrosado. O que pode ter levado à morte pode ter sido essas infecções por que estava muito ferido”, disse.

Entenda o caso

As câmeras de segurança de uma residência gravaram o momento em que um homem joga um cachorro em um balde de lixo. O fato ocorreu na manhã deste domingo (13) no bairro Mangabeira VII, em João Pessoa.

Nas imagens é possível ver um carro, modelo Volkswagen Gol, se aproximando de dois recipientes de lixo. O motorista desce do veículo, pega uma caixa na mala e vai até o balde. Ele despeja o conteúdo da caixa e vai até o banco de carona pegar uma segunda caixa, repetindo o procedimento. Em seguida, ele guarda a caixa e deixa o local.

Os moradores da região disseram ter ouvido latidos pouco depois e decidiram ir ao local. Para surpresa deles, havia um cachorro com vários ferimentos pelo corpo.

“Não sabemos por qual motivo ele jogou o animal no lixo. Não sabemos se foi espancado, se foi atropelado. Se o animal era desse rapaz”, disse uma testemunha.

O animal foi levado por uma moradora para sua residência. O homem que aparece no vídeo, por sua vez, ainda não foi identificado. A Comissão de Direito dos Animais da OAB-PB está acompanhando o caso junto com entidades protetoras de animais.

 

Com T5