Ponte Preta vence o Santos de virada na Vila e está na semifinal do Paulistão

31 jul 2020

De quase rebaixada à semifinalista. A Ponte Preta escreveu nesta quinta-feira mais um capítulo da sua incrível reação no Paulistão. De virada, a Macaca venceu o Santos na Vila Belmiro por 3 a 1, pelas quartas de final, e agora briga por uma vaga na grande final. Marinho, que viria a ser expulso no fim do primeiro tempo, abriu o placar para o Peixe. Mas, na etapa final, o time de Campinas foi melhor, aproveitou as falhas do goleiro Vladimir e conquistou a vitória com gols de Bruno Rodrigues, Moisés e João Paulo.

A Ponte Preta vai encarar o Palmeiras na semifinal, na arena alviverde, no próximo domingo, às 19h.

A Ponte Preta começou com uma forte ameaça ao Santos. De cabeça, Bruno Rodrigues acertou o travessão. Mas logo o Peixe reagiu e deu a resposta com um gol. Marinho, aos cinco minutos, fez de cabeça após boa jogada de Soteldo. O próprio autor do gol do Santos quase marcou mais um, aos 25. Mas dessa vez Ivan evitou e salvou a Ponte Preta. Mais para o fim do primeiro tempo, Sánchez obrigou o goleiro da Macaca a fazer boa defesa em cobrança de falta. E quase nos acréscimos, Marinho, destaque do jogo, foi expulso por deixar o braço em dividida com o adversário.

Logo nos primeiros minutos da etapa final, a Ponte Preta soube aproveitar a superioridade numérica e empatou o jogo aos quatro minutos. Bruno Rodrigues ficou com a sobra na pequena área e contou com falha de Vladimir: 1 a 1. O goleiro do Santos não estava em uma boa noite. Aos 15 minutos, o goleiro deu o rebote no pé de Moisés, que completou para o gol. Virada da Macaca. O time de Campinas ainda encontrou espaço para fazer mais um, aos 42. João Paulo fez um golaço de fora da área. O Santos não conseguiu esboçar reação.