Reunião com representantes de Pitimbu, Caaporã e Goiana-PE define ações para reativação da balsa entre as praias de Acaú e Carne de Vaca

27 jan 2021

Um importante passo para o desenvolvimento do turismo entre os municípios de Pitimbu na Paraíba e Goiana em Pernambuco, foi dado nesta terça-feira (26), com a mobilização de agentes públicos pela reativação da balsa que liga as praias de Acaú à Carne da Vaca.

O retorno da atividade, após 10 anos da desativação é um sonho antigo dos moradores da região. O serviço da travessia encurtará a distância entre os litorais, gerando economia de tempo e de combustível para moradores, visitantes e turistas, além de emprego e renda.

Participaram do encontro os prefeitos Jorge do Povão (Pitimbu-PB), Kiko Monteiro (Caaporã-PB), o vice-prefeito Fernando Veloso (Goiana-PE) e a vice-prefeita Didi (Caaporã), além de secretários de turismo, vereadores das cidades e representantes do turismo local, e ainda o deputado federal Efraim Filho que fará o elo entre os municípios e estados  com o Governo Federal.

Para o prefeito Jorge do Povão, a balsa é de fundamental importância para fomentar o turismo nos municípios da região, por isso, é necessário a união de todos para reforçar essa luta.

O vice-prefeito de Goiana, Fernando Veloso reafirmou que o município está à disposição para se mobilizar e somar esforços objetivando a volta da balsa.

O prefeito de Caaporã, Kiko Monteiro disse que a volta da travessia entre as praias de Acaú-PB e Carne de Vaca-PE também beneficia o município que administra.

O vereador de Goiana Alexandre Carvalho informou que o secretário de Turismo do Estado de Pernambuco, Rodrigo Novaes, também está disposto a ajudar para facilitar o funcionamento da balsa.

Efraim Filho, deputado federal e aliado do prefeito Jorge, enfatizou que fará a intermediação com o Governo Federal, junto ao Ministério do Turismo mostrando a necessidade do serviço entre os dois estados para fortalecer o potencial turístico. A PBTur também fortalecerá o pedido pela volta da balsa, atuando junto a Empetur.

Ao finalizar, o prefeito de Pitimbu pontuou que com a volta da balsa, todos ganham, os municípios, os usuários, moradores, comerciantes, pescadores e marisqueiras.

O chefe de gabinete, Thiago Albertim que tem excelente circulação política entre Pitimbu e Goiana, sugeriu a formação de um grupo de trabalho para elaborar documentos com dados dos impactos negativos para o turismo, após a desativação da balsa, além de coletar mais informações que serão apresentadas através de uma petição, sob a responsabilidade do advogado Alan Richers.

O secretário e a secretária de turismo das cidades de Pitimbu e Goiana, Chico Pinheiro e Luciana Petribu, irão viabilizar demais reuniões com os órgãos e setores de proteção ambiental, atuando em parceria.

O trecho da travessia é de quase 2km e com a balsa, será possível fazer esse deslocamento em até 20 minutos a depender da maré. A ideia é que seja feito o transporte de passageiros, ônibus, caminhões, carros e motos.

Ao final, todos foram visitar o local onde antes funcionava a balsa.