Sindipetro-PB apoia redução de imposto defendida por Bolsonaro: “A culpa não é do posto e sim do imposto”

12 fev 2020

Em apoio às declarações do presidente Jair Bolsonaro, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), por meio de uma carta aberta, divulgada nesta terça-feira (11) disse que os consumidores sofrem com manobra de governos para aumentar impostos.

No documento, a entidade destaca que quase 50% do preço da gasolina é de imposto e defende propostas implementação em outros estados para a taxação e redução da carga tributária nos combustíveis. “Promoveria um alívio imediato nos preços de custos do produto e, consequentemente, um benefício à população brasileira”, diz o texto.

O assunto gerou repercussão, alguns dias atrás, após o presidente anunciar seu posicionamento sobre o assunto que tem gerado debate em torno de uma proposta ao Congresso Nacional para mudar a forma como é cobrado atualmente o Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis revendidos em território nacional.