“Sou pré-candidata a senadora”, revela Daniella no Frente a Frente

16 jul 2018

Após um período longe do holofotes ao ter seu nome sondada para o Senado por basicamente todas as chapas majoritárias que se formam na Paraíba, a deputada estadual Daniella Ribeiro (Progressista) quebrou o silêncio, na noite desta segunda-feira (16), e anunciou que disputará mandato em Brasília nas eleições de outubro.

“Sou pré-candidata a senadora”, destacou a parlamentar em entrevista ao programa Frente a Frente, apresentado pelo jornalista Heron Cid, na TV Arapuan.

Entretanto, ela não revelou a chapa que vai integrar. Para a campinense, essa será uma decisão não dela, mas do Progressistas.

“Essa é uma decisão partidária”, garantiu Daniella alegando que nas pré-candidaturas de João Azevêdo (PSB), Lucélio Cartaxo (PV), e José  Maranhão (MDB)  existem suas “divergências” e também “convergências”.

Daniella ressaltou que muitos fatores pesaram para a sua tomada de decisão como o crescimento do Progressistas na Paraíba e também a possibilidade de se eleger a primeira senadora paraibana.

“Nunca tivemos uma mulher no Senado. É uma oportunidade também”, destacou.

Cássio e Veneziano

Questionada sobre o fato de ir para a  disputa com nomes de maior envergadura política como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Daniella disse que não se sente ‘prejudicada’ por não ter sua pré-candidatura lançada com antecedência como foram as dos concorrentes

Ela considerou que o processo eleitoral sobre o seu nome tem se dado de forma correta porque tem revelado, além de tudo, sua trajetória política.

“Esse processo veio da forma correta e legítima. Do jeito que deve acontecer. Entender que tem que se conhecer um pouco mais. Eu vim entrar na vida pública não porque teve uma decisão do meu pai. Houve uma dificuldade muito forte porque ele não queria. Queria me proteger desse mundo que era machista. Eu forcei muito para ser política”, destacou.

MaisPB