Suspeito de homicídio após discussão em Alhandra é preso

12 maio 2018

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídios de Alhandra, deu cumprimento nesta sexta-feira (11) ao Mandado de Prisão preventiva e prendeu LEANDRO GALDINO DA SILVA, vulgo “LÉO  CELULAR”.

De acordo com os depoimentos acostados aos autos, LÉO DO CELULAR desferiu um disparo de arma de fogo “a queima roupa” em EDILSON FELIX DE BARROS, conhecida por GIL, fato ocorrido no dia 26/03/2018, em Alhandra, Paraíba.

Naquela ocasião, LÉO CELULAR discutiu com a vítima e, por motivo fútil, disparou no abdômen da mesma, que foi socorrida e veio a óbito, posteriormente, no Hospital de Trauma.

Após a prisão efetuada “LÉO DO CELULAR” foi recolhido à Cadeia Pública de Alhandra, onde aguarda audiência de custódia.

 

 

Portal do Litoral