Suspeitos de executar empresário João da Galinha passam por audiência de custódia em Alhandra

19 jan 2018

A audiência de custódia dos acusados pela execução de João Francisco de Lima, conhecido por João da Galinha, foi realizada nesta quarta-feira (18). O empresário e político alhandrense foi executado no final do ano de 2017 em sua residência em Alhandra.

Após o crime, os bandidos fugiram pelas ruas de Alhandra com uma moto roubada e foram em direção a PB-034 para sair a BR-101 com destino a João Pessoa.

Na altura do bairro de Nova Alhandra os meliantes abandonaram a moto e roubaram um carro, um Gol prata; e fizeram o proprietário do carro de refém. Após perseguição policial, eles foram presos e confessaram o crime.

João da Galinha foi candidato a vice-prefeito da cidade na chapa de Marcelo Rodrigues em 2016, pelo PCdoB.

Ainda de acordo com informações, o caso do homicidio do empresário ainda está em aberto e a Polícia já identificou e busca prender outro suspeito que teria fugido para outro estado.

Tocador de vídeo

00:00
00:26

Portal do Litoral