Câmara de Alhandra aprova por unanimidade medalha Barão do Abiaí em reconhecimento a atuação do deputado Branco Mendes

11 maio 2022

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Alhandra aprovou na sessão ordinária de segunda-feira (09), a concessão da medalha Barão do Abiaí em reconhecimento aos relevantes serviços prestados pelo deputado estadual, Branco Mendes, ao município.

O autor da comenda, vereador João Sufoco, destacou que apenas o saudoso governador Wilson Braga teve a honra de receber essa medalha “Barão do Abiaí” que é a maior honraria da Câmara de Alhandra e agora será a vez do deputado Branco Mendes.

“Fomos unanimes em reconhecer que o deputado Branco Mendes merece receber essa honraria por seus serviços prestados ao município, por sua presença e amizade com os alhandrenses e por elevar o nome da nossa terra na Assembleia Legislativa. Ele que foi vereador, prefeito e está deputado estadual, representa os alhandrenses com respeito, dignidade e muito trabalho em 30 anos de atuação e uma vida pública ilibada. A câmara de Alhandra faz justiça a um grande homem”, disse João Sufoco.

O agraciado deputado reafirmou sua gratidão e apreço pelos parlamentares que aprovaram a honraria e disse que apesar dos mais de 30 anos de vida pública este era um momento especial e particular, de grande significado porque foi em Alhandra onde começou a história dele na política. “Ser vereador me qualificou melhor para a vida pública, pois esse é o poder que está mais próximo do povo. Devo muito a essa terra, minha amada Alhandra e essa Medalha é uma enorme responsabilidade porque é a mais alta comenda da Câmara Municipal, instituição que tenho um grande respeito, pontuou Branco Mendes.

A solenidade de entrega da Medalha será realizada nos próximos dias.

Veja algumas ações do deputado por Alhandra como prefeito e deputado

Mata Redonda

Calçamento de ruas, adquiriu 2 Hectares onde construiu o Campo de Futebol, a Casa do Agricultor, Ginásio de Esporte O Silvão, conseguiu emendas para construção da creche e do posto de saúde quando Renato Mendes era Prefeito, consegui a emenda para construção do Colégio João Francisco (João da Galinha), abertura da Avenida do Mercadinho de Deu, conquistou investimento de mais de 2.000.00 milhões na reforma completa do Colégio Antônio Camelo com construção da Quadra Poliesportiva, recuperação e reforma de todo abastecimento d’água com recuperação da caixa d’água

Em Alhandra

Construiu o Hospital, campo de futebol o Pedrosão, ginásio de esportes O Wilsão, conjunto Antônio Mariz, abastecimento d’água de todo Bairro de Nova Alhandra, calçamento de várias Ruas, Clube Municipal, reforma da Praça da Assunção, construção da Câmara Municipal, nesse tempo não tinha repasse de duodécimo, reforma das escolas e elevação do número de alunos de 1.000 alunos para quatro mil alunos na rede Municipal,  assumiu a prefeitura sem nenhum veículo e adquiriu ambulâncias, Ônibus e outros carros, além de moto niveladora para recuperar estradas vicinais, conseguiu com o Governo do Estado a recuperação da Escola Renato Ribeiro Coutinho com a construção da Quadra Poliesportiva, num investimento de mais de 2.000.000,00 milhões, está sendo feita a licitação para recuperação total da Escola Barão do Abiai , num investimento de mais de 3.000.000 milhões.

Conquistou a Casa da Cidadania e outros investimentos através do Governo do Estado, a exemplo da PB-034 com investimento de mais de 20.000.000 milhões, a PB-036 já iniciada, ligando Alhandra a Praia do Abiai, havendo um certo atraso devido as últimas chuvas que cai na região; num investimento de mais de 15.000.000 milhões, conseguiu a estrada que liga PB-034 até a Elizabete e está sendo licitado o trecho da Elizabeth até a 008. Além do levar o programa Tá  na Mesa para o município.

Alhandra hoje é a 4a Receita em arrecadação de impostos do Estado da Paraíba, graças as indústrias que Branco e Renato brigaram para se instalar em Alhandra, a exemplo da Ficamp, Assunção, Elos onde tá instaladas várias Empresas, Magazine Luiza, a luta para vinda da Fábrica Elizabeth, um crescimento econômico assustador tanto com as Indústrias como com a instalações de vários empreendimentos comerciais.