Câmara de Alhandra aprova projeto que considera atividades religiosas essenciais e proíbe fechamento de igrejas durante pandemia

9 mar 2021

A câmara municipal de Alhandra aprovou por unanimidade, em seção realizada na noite desta segunda-feira (08), o projeto de lei de autoria dos vereadores Jeremias Santos (PP) e Irmão Beto (PP) que estabelece igrejas e templos de qualquer culto religioso como atividade essencial em períodos de calamidade pública em todo o território do município.

O projeto, de lei 002/2021, também prevê que seja vedada a determinação de fechamento total das instalações de tais locais. Poderá ser realizada a limitação de número de pessoas em tais locais de acordo com a gravidade da situação, O poder executivo terá o prazo de 30 dias para regulamentar essa lei.

O Vereador Jeremias Santos em entrevista ao Portal Alhandra em Foco falou da importância da aprovação do projeto que estabelece as igrejas e templos de qualquer culto religioso como atividade essencial. “ Esse projeto é de suma importância tendo em vista que os templos religiosos têm prestado um serviço essencial efetivamente aos munícipes aqui em nossa Cidade, agradeço a todos os pares por ter compreendido a importância desse projeto” disse o Vereador.

Alhandra em Foco