Decretado segredo de justiça no caso Anielle, diz advogado

14 set 2021
Decretado segredo de justiça no caso Anielle, diz advogado

Foi decretado segredo de justiça no caso da morte da menina Anielle, de 11 anos. A informação foi dada na tarde desta segunda-feira (13), pelo advogado do principal suspeito. O homem é acusado de ter levado a menina para o matagal e a assassinado por esganadura. Há indícios de abuso sexual, já que a criança foi encontrada sem a roupa de baixo, no entanto, o Instituto de Polícia Científica (IPC) informou que os laudos ainda não saíram.

A criança de apenas 11 anos foi encontrada morta em um matagal, na madrugada da quarta-feira (8), no bairro do Miramar, em João Pessoa, após três dias desaparecida. Não houve velório por conta do estado de decomposição do corpo. Muitas pessoas participaram do cortejo. O homem apontado como o responsável pela morte da menina Anielle Teixeira, de apenas 11 anos, confessou ao delegado Rodolfo Santa Cruz que foi o autor do crime.

T5