Pastor da Assembleia de Deus chama fiéis que saíram da igreja de “lixo” e causa polêmica – VEJA VÍDEO

13 maio 2022
pastor - Pastor da Assembleia de Deus chama fiéis que saíram da igreja de “lixo” e causa polêmica - VEJA VÍDEO

O pastor Daniel Nunes, presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande, na Paraíba, fez uma declaração polêmica durante a 63º Escola Bíblica de Obreiros (EBO) da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima (IEADALPE).

O evento aconteceu nesta quarta-feira (11), no templo central, e Daniel foi um dos palestrantes.

Durante a sua ministração, o religioso defendeu a sã doutrina da igreja e criticou as novas instituições denominadas de “Assembleia de Deus”, que segundo ele, permitem tudo.

“Nesses dias, lá em Campina Grande, chegou dessas igrejas Assembleias de Deus, que está por aí e que aceita tudo, e corre para lá um monte de crente. Mulher que quer usar brinco, quer usar calça arrochada, homem que quer usar cabelo grande, que quer usar maquiagem, homem que quer usar brinco, corre tudo para lá. E eu estava dizendo para os pastores, essas igrejas são uma bênção, porque a gente vem e faz a limpeza nesses trastes, e que está dando trabalho para gente, e fica o que quer ser santo. Leva esses lixos para lá e deixa o que quer ser santo na palavra. Glória a Deus”, disse o pastor.

Todo o evento foi transmitido pelo YouTube da igreja, e a fala de Daniel Nunes repercutiu de maneira negativa na internet.

“Não vejo nada de autoridade, e sim falta de sabedoria nas palavras”, comentou um internauta.

Uma seguidora discordou da fala do pastor e disparou: “Também não concordo! Não se deve chamar ninguém de lixo. Fiz parte da Assembleia de Deus por muitos anos, tenho um carinho enorme por esta igreja, mas um fato que lamento muito é a abordagem de certas pessoas que nela congrega, que acabam afastando as pessoas ao em vez de conquistá-las pela palavra.”

Apesar disso, houve também quem concordasse com o que o pastor falou a respeito dos fiéis que deixam a denominação.

“Amém. Glória a Deus. Fico feliz em saber que ainda preservam os usos e costumes”, falou uma seguidora.