Plano de recuperação e despoluição do Rio Maceió é apresentado à Prefeitura de Pitimbu

9 jun 2021

Durante reunião remota, entre a ECO’s Consultoria e Soluções Ambientais – Empresa Júnior (UFPB), e a Prefeitura Municipal de Pitimbu, foi apresentado o Plano de recuperação da qualidade da água do Rio Maceió, que percorre parte da cidade e atualmente encontra-se poluído, impactando negativamente o meio ambiente da região, tornando trechos da área litorânea não balneável, consequentemente, prejudicando a economia da cidade que tem com como base o turismo e a pesca, e gerando uma má qualidade de vida para a população ribeirinha.

A Prefeita Adelma Cristovam e o secretário de Turismo e Meio Ambiente, José Netto, participaram da reunião e destacaram a importância desse projeto para o município.

Ana Júlia, que gerenciou o estudo, apresentou o projeto e os resultados preliminares de recuperação ambiental do Rio Maceió, por meio das técnicas de saneamento ecológico para as residências ribeirinhas e biorremediação no rio.

O processo de despoluição é relativamente simples, porém, exige esforços e comprometimento da população para que nenhum esgoto e outros materiais sejam lançados. A Prefeitura Municipal de Pitimbu, por meio da Secretaria de Turismo e Meio e a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, ficará responsável pela execução do projeto e pela campanha de sensibilização voltada à população ribeirinha.

As etapas do plano de ação para a implementação do projeto:

  1. LIMPEZA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DO RIO: a Prefeitura de Pitimbu já realiza essa ação e de limpeza no Rio Maceió;
  2. CONSTRUÇÃO DOS PROJETOS DE SANEAMENTO ECOLÓGICO: construção do Círculo de Bananeiras, e para as casas que não possuem fossa para água cinza, e a construção dos Tanques de Evapotranspiração para as casas que não possuem fossa para água negra. A Prefeitura disponibilizará a distribuição, impressa e/ou virtual, dos manuais de construção para população e os materiais de Educação Ambiental sobre o tema;

III. CONSTRUÇÃO DOS PROJETOS DE BIORREMEDIAÇÃO:  implementação do Wetlands (Jardins Filtrantes) e do biofilme.

  1. MONITORAMENTO: após a implementação dos projetos, é necessário o monitoramento ambiental, para garantir o bom andamento das soluções e a melhoria da qualidade do rio.

Também participaram da reunião: Luana Rodrigues (Gerente da ECO’s), Ana Júlia (Gerente do Projeto), Chico Pinheiro  (Chefe do Gabinete da Prefeita), Maxiel Pessoa (Secretário de Obras e Serviços Urbanos), Delza Ramos (Sec-Adj TMA), Gilson Moura (Diretor da Divisão de Meio Ambiente), Rafaella Amorim (Atendente Técnica de Meio Ambiente), Almeres Macedo (Diretor da Divisão de Maio Ambiente)

Alhandra em Foco

com Portal do Litoral