Polícia prende terceiro acusado de participação na morte de Expedito Pereira

13 maio 2022
Expedito Pereira foi prefeito de Bayeux por quatro vezes.

Foi preso pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte, nesta quinta-feira (12), o terceiro acusado pela morte do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira. 

O gestor foi assassinado em dezembro de 2020, enquanto caminhava por uma rua do bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Condenados e presos

Os outros dois acusados pela morte do idoso, Leon Nascimento dos Santos e José Ricardo Alves Pereira, foram condenados a 24 e 20 anos de prisão, respectivamente.

José Ricardo, sobrinho de Expedito, foi condenado por ser o mandante do crime.

Gean Carlos da Silva Nascimento estava foragido desde o dia do crime. Ele é ex-funcionário de Ricardo e, segundo as investigações, teria conseguido a moto e a arma usadas por Leon na execução do crime.