Sem coveiro em cemitério, família sepulta vítima de Covid-19 na Paraíba

10 jun 2021

Um episódio revoltou os moradores da cidade de Riacho dos Cavalos, no interior da Paraíba, nesta quarta-feira (9). Parentes tiveram que fazer o sepultamento de uma vítima da Covid-19 porque o cemitério da cidade estava sem coveiro. O caso aconteceu durante o enterro de Manoel Pereira da Silva, de 78 anos.

A vítima estava internada há alguns dias no hospital regional da cidade de Pombal, acometido com a covid-19. No último domingo, ele não resistiu a doença e morreu. A família pediu que a funerária fosse pegar o corpo de Manoel no hospital regional e que levasse para cidade de Riacho dos Cavalos. O problema é que chegando no cemitério da cidade eles perceberam que não tinha nenhuma equipe de apoio para realização no enterro.

Os familiares tiveram que realizar todo o processo de enterro. Eles pagar uma pessoa o valor de R$ 50 para cavar cova. Em seguida os próprio familiares tiraram o caixão do carro funerário e sepultaram o corpo de Manoel. A situação revoltou moradores, que filmaram a ação.

A Secretária de Saúde do Muniípio, Priscila Soares Farias, foi procurada e disse que até o momento não tinha conhecimento sobre o acontecido. Ela afirmou ainda que vai atrás do coveiro para saber o que foi que aconteceu e também vai procurar a assessoria jurídica do município para só após se pronunciar sobre o caso.

Qualquer enterro de pessoas que morreram em decorrência da Covid-19 deve ser feita por profissional qualificado com o uso de equipamentos de proteção individual, além de seguir protocolos rígidos de segurança em saúde. Nesse caso, a saúde na família foi colocada em risco.

T5