Segunda morte por chikungunya na Paraíba é de bebê em João Pessoa e Saúde investiga mais três óbitos

20 mar 2024 - Destaque / Paraíba

Uma bebê de 1 ano e 4 meses morreu vítima de chikungunya em João Pessoa. O óbito estava sob investigação e a confirmação foi feita, nesta terça-feira (19), através do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Um primeiro caso já havia sido confirmado no final do mês de fevereiro. Um homem de 57 anos, de Sapé, foi a primeira vítima.

Ambos os óbitos foram confirmados através de exame IGM com resultado positivo para chikungunya.

A Paraíba tem um total de 5.189 casos prováveis de arboviroses. Há o registro de 40 casos, em sistema, com sinais de alarme e gravidade, sendo residentes de João Pessoa (31), Cabaceiras (01), Cabedelo (01), Camalaú (01), Conde (01), Diamante (01) Guarabira (02), Pombal (01) e Sousa (01).

Dos mais de 5 mil registros, 4.528 são casos prováveis de dengue, 584 são de suspeita de chikungunya e 77 casos prováveis de zika.